Crianças devem ser vacinadas contra a gripe suína, afirma especialista

Do Estadão.com

FOZ DO IGUAÇU – O gerente da área de Vigilância em Saúde, Prevenção e Controle de Doenças da Organização Pan-Americana de Saúde (Opas), o brasileiro Jarbas Barbosa, defendeu nesta segunda-feira, 15, a vacinação contra gripe suína de crianças em idade escolar como estratégia para reduzir a transmissão do vírus. A defesa foi feita durante o 46º Congresso da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical, realizado em Foz do Iguaçu.

Barbosa destacou que a medida é recomendada pelo órgão, mas que os países têm liberdade para adotá-la ou não segundo sua realidade. O Brasil não vacinará crianças em idade escolar porque optou por priorizar grupos com maior risco de hospitalização e morte, medida também recomendada pela organização.

A partir da semana que vem, na segunda fase da campanha, serão imunizados crianças entre 6 meses e 2 anos, doentes crônicos e gestantes.

“Sou totalmente favorável que se vacine escolares, quando há vacina disponível. A taxa de ataque (que expressa a possibilidade de contágio do grupo) nessa faixa etária é três vezes maior que nas outras”, disse Barbosa ao Estado, após conferência sobre a situação da gripe suína nas Américas, uma das mais procuradas do evento. “Apesar de, na maioria das vezes, os casos entre escolares serem benignos, ao vaciná-los você evita que grupos de maior risco adoeçam.” Estudos mostram que escolares disseminam rapidamente o vírus por causa do intenso contato físico que há entre crianças nessa idade e com os cuidadores em casa.