Universitário é quem mais usa droga e álcool, diz estudo

Uma pesquisa da Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas (Senad) com 18 mil universitários do País comprovou que eles usam mais drogas lícitas e ilícitas, como o álcool e a maconha, que a população em geral. Mais de 60% dos entrevistados tinham consumido álcool nos últimos 30 dias (entre a população em geral o índice é de 38,3%) e 25,9% usaram drogas ilícitas (na população o índice é de 4,5%).

Os pesquisadores esperavam que existisse uma diferença entre os dois públicos, mas se surpreenderam com o tamanho do degrau. O levantamento foi feito em parceria com o Grupo Interdisciplinar de Estudos de Álcool e Drogas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo e é o primeiro de abrangência nacional.

Foram entrevistados alunos de cem instituições particulares e públicas de ensino superior nas 26 capitais do País, mais o Distrito Federal. A intenção agora é usar os resultados da pesquisa para a criar políticas específicas contra o uso de drogas. “O governo vem realizando uma série de ações voltadas a populações mais vulneráveis, como é o caso dos universitários”, afirmou a titular da Senad, Paulina Duarte.

Segundo o psiquiatra Arthur Guerra de Andrade, da USP, um dos responsáveis pelo estudo, além da quantidade, os universitários consomem álcool e outras drogas de forma perigosa. “Os jovens estão fazendo uso de múltiplas drogas simultaneamente. Além disso, um em cada quatro bebe de forma exagerada e 3% apresentam padrão de dependência, algo que costumávamos encontrar só em alguém com 40, 50 anos”, diz o médico.

Dos entrevistados, 18% disseram que já dirigiram embriagados, 27% pegaram carona com pessoas embriagadas e 43,4% admitiram ter usado álcool simultaneamente com outras drogas. Das drogas ilícitas, as mais consumidas foram maconha, haxixe ou skunk (26,1% dos universitários já consumiram alguma delas), anfetamínicos (13,8%), tranquilizantes e ansiolíticos sem prescrição médica (12,4%), além de cocaína (7,7%).

Fonte: O Estado de São Paulo

One thought on “Universitário é quem mais usa droga e álcool, diz estudo

  1. ROBERTO MELO SANTOS says:

    ESTOU MUITO SURPRESO COM A PESQUISA POIS PARTICIPO DE PASTORAL FAMILIAR,SOU POLICIAL E AS VEZES VEMOS QUE PARTES DOS USUÁRIOS SE DAR MAIS EM CLASSES MENOS FAVORECIDA FINANCEIRAMENTE ,POREM A PESQUISA MIM FEZ PERCEBER QUE O TRIPE(EDUCAÇÃO FAMILIAR, CIENTÍFICA E RELIGIOSA) É AINDA O MAIOR CAMINHO QUE NOS LIVRA DAS DROGAS

Comments are closed.