Distrito Federal não terá secretário de saúde

O governador eleito do distrito federal, Agnelo Queiroz, confirmou que vai acumular o cargo de secretário de saúde e chefe de governo, durante os três primeiros meses de seu governo. Ele não pretende indicar ninguém para a pasta. O médico Rafael Barbosa, que estava sendo cogitado para a secretaria de saúde, disse ao Blog Médicos na Mídia, que o governador tem outros planos para ele, ou seja, admitiu que irá assumir outra secretaria, como a de governo, para ficar mais próximo a Agnelo. Na solenidade de entrega do Prêmio Saúde Brasília, da Associação Médica de Brasília (AMBr), realizada na sexta-feira (19/11) o governador Agnelo Queiroz teve oportunidade de ouvir inúmeras reivindicações: a principal delas foi a recuperação dos hospitais (muitos sucateados) e a aquisição de medicamentos e equipamentos, que não podem faltar para garantir um atendimento mínimo para a população.