Médica morre estrangulada por massageador

Médica morre estrangulada por massageador

A polícia do estado americano da Flórida investiga se um massageador de pescoço teria provocado a morte por estrangulamento de uma mulher, na noite de Natal. A médica Michelle Ferrari-Gegerson, de 37 anos, estava embalando presentes de Natal e usando o aparelho para aliviar uma dor no pescoço. O aparelho teria então se enrolado com o colar que ela usada, provocando o acidente, segundo policiais do condado de Broward.

Seu marido, Kenneth Gegerson, encontrou-a inconsciente no chão do quarto e chamou os paramédicos, mas não foi possível salvá-la. O massageador foi encontrado caído no chão, ao lado dela. A polícia acredita em acidente, mas abriu uma investigação sobre o caso.