Brasil conta com novo serviço para dependência química e outros comportamentos adictivos

equipe_Villa Janus2

Equipe de especialistas da Villa Janus

Psiquiatras pioneiros no tratamento de dependentes químicos inauguram na quinta-feira, 10 de abril, em Porto Alegre, um novo serviço avançado de reabilitação: A Villa Janus

Atendimento individualizado com uma equipe interdisciplinar para evitar recaídas e abandono do tratamento. Essa é uma das premissas de um time de psiquiatras que se reuniram para lançar, em Porto Alegre, um serviço de excelência para os mais diversos tipos de dependências. Chamado de Villa Janus, o espaço, que será inaugurado no próximo 10 de abril, contará com profissionais que atuarão na integração qualificada em atividades intensivas grupais, familiares e individuais, abrangendo reabilitação física, psicoeducação e desenvolvimento de habilidades de enfrentamento.

Para o novo serviço, tudo foi planejado com os detalhes necessários para garantir que o usuário tenha a atenção necessária para a reabilitação resolutiva. A equipe da Villa Janus têm expertise de excelência na atenção ao dependente químico. Pioneiros em suas áreas de atuação, a ideia de abrir o centro especializado surgiu após três décadas na coordenação da Unidade de Dependência Química do Hospital Mãe de Deus, em Porto Alegre.

A equipe é formada pelos mais importantes especialistas brasileiros na área de dependência química e comportamento aditivos. O consultor em dependência química Gustavo Jacques integra o time de psiquiatras formado por Angelo Campana, Carla Bicca, Carlos Salgado, Fernanda de Paula Ramos e Sérgio de Paula Ramos – todos referências em assistência e treinamento de colegas na área de atuação.

A gestão da Villa Janus é encabeçada pelo sétimo membro da equipe, Alberto Beltrame, médico que é referência nacional na organização e gestão serviços de atenção à saúde.

Sobre a Villa Janus – O nome Janus remete à figura mítica romana que materializa o desafio da mudança calcada no exame parcimonioso da história de cada individuo. Janus apresenta as duas faces do processo vital. Um olhar para o passado e outro voltado para a renovação, para o futuro.

A estruturação da Villa Janus enriquece o proposto na Resolução da Diretoria Colegiada publicada pela Anvisa (RDC 29 de 2011), que estabelece requisitos para o funcionamento de instituições que prestem serviços de atenção às pessoas com transtornos decorrentes do uso de substâncias psicoativas, em regime de residência e que utilizam como principal instrumento terapêutico, a convivência entre os pares.

O serviço contemplará, ainda, atenção especial para transtornos do impulso como os alimentares e sexuais e, também, para os dependentes em jogos tradicionais ou virtuais. A localização permite logística excelente para todas as formas de transporte. A Villa Janus está situada em ambiente elegante e discreto, garantindo o acolhimento confortável, seguro e sigiloso.