Presidente da APERJ é uma das 10 mulheres indicadas a maior homenagem do Estado Alagoano

A presidente da Associação Psiquiátrica do Estado do Rio de Janeiro – APERJ, Fátima Vasconcellos, será agraciada, no dia 27 de março, quinta-feira, com a comenda Nise da Silveira, pelo governo de Alagoas. A homenagem, que acontecerá no Palácio dos Martírios, em Maceió, é a mais importante do Estado e conferida a 10 mulheres brasileiras ou estrangeiras que são destaques em suas áreas de atuação.

Fátima Vasconcellos foi escolhida pelo trabalho na defesa da saúde mental de excelência e acesso de todos os brasileiros aos tratamentos que garantam qualidade de vida aos pacientes doentes mentais.

Esta é a 14ª edição da comenda Nise da Silveira, uma médica nascida em Maceió e que foi a única mulher entre os 156 alunos da Faculdade de Bahia a ser formar em medicina, com apenas 21 anos. Ela se dedicou à psiquiatria e apresentou novos métodos de tratar a esquizofrenia.

Anos depois, Nise fundou a Seção Terapêutica Ocupacional e Reabilitação (STOR), e o Museu das Imagens do Inconsciente (saiba mais sobre o museu e a Dra. Nise aqui ). O trabalho da Dra. Nise da Silveira é reconhecido internacionalmente e recebeu a visita e todo o apoio de Carl Jung – psiquiatra e psicoterapeuta suíço que fundou a psicologia analítica. No Museu, se encontra um acervo com os trabalhos criados nos ateliês da STOR: pinturas, desenhos e esculturas.

Para Fátima Vasconcellos, ser indicada como uma das mulheres comendadas, é motivo de bastante orgulho. “Fico especialmente honrada por ela ser uma Psiquiatra que se destacou na defesa do melhor tratamento para os doentes mentais e criou o Museu do Inconsciente no Rio de Janeiro”, declara.