Médicos de várias partes do mundo se reúnem nesta sexta-feira (16/05) para discutir sobre o consumo do álcool no Brasil e exterior

O abuso no consumo de álcool no Brasil supera a média mundial e apresenta taxas superiores a dezenas de países. Os dados são da Organização Mundial da Saúde que, em um informe publicado no início desta semana, alerta que 3,3 milhões de mortes no mundo em 2012 foram causados pelo uso excessivo do álcool – 5,9% de todas as mortes.

 

Diante dessas informações, médicos do Brasil e do exterior se reúnem nesta sexta-feira, dia 16 de maio, em São Paulo, para debater sobre o assunto e apresentar dados de uma pesquisa inédita sobre a influência do álcool em vários aspectos da violência urbana, família e pessoal.

 

Na ocasião, serão apresentados dados e estratégias da indústria cervejeira no Brasil para expandir o consumo da bebida para jovens universitários. Sob coordenação do Professor e Doutor Ronaldo Laranjeira, os participantes também poderão acompanhar o que a indústria do álcool tem feito para participar dos eventos relacionados a Copa do Mundo de Futebol.

 

Durante o encontro, especialistas internacionais farão recomendações à Organização Mundial de Saúde (OMS) sobre o consumo do álcool, que causa dependência e que a cada dia contribui para o aumento no número de mortes.

 

Com tradução simultânea, os participantes poderão ficar atualizados sobre a importância de uma resposta global para a política do álcool, a busca de novas ações na política do álcool e grupos de “advocacy” para reduzir o uso nocivo de álcool.

 

Serviço

Seminário Internacional: Álcool e violência

Dia: 16 de maio – Das 8h às 16h30

Novotel São Paulo Jaguará Conventions
Rua Martins Fontes, 71 – Centro – São Paulo