Câncer mata ao menos 8 milhões de pessoas no mundo todos os anos, diz OMS

04/02/2015

No Dia Mundial de Combate ao Câncer, a OMS (Organização Mundial da Saúde) divulgou nesta quinta-feira (4) que a doença registra, anualmente, 14 milhões de novos casos e oito milhões de mortes em todo o mundo. A maioria das óbitos — cerca de 60% —, segundo os dados, são identificados na África, Ásia e na América do Sul.

A OMS informou que “ está trabalhando em conjunto com todos os países para construir soluções que reduzam as mortes prematuras provocadas pelo câncer por meio de um esforço global para diminuir em 25% as mortes prematuras provocadas por doenças crônicas não transmissíveis até 2025”.

Análise feita pela organização mostra que o número de novos casos de câncer deve aumentar em 70%, nas próximas duas décadas, em todo o mundo, passando de 14 milhões para 22 milhões. Entre homens, os cinco tipos mais comuns da doença são pulmão, próstata, colorretal, estômago e fígado. Entre as mulheres, os principais tipos são mama, colorretal, pulmão, cérvix e estômago.

De acordo com a OMS, um terço das mortes por câncer são resultado de cinco riscos comportamentais e alimentares: alto índice de massa corporal, baixo consumo de frutas e verduras, falta de atividade física, uso do tabaco e consumo de álcool.

O tabaco aparece como o principal fator de risco para câncer, uma vez que responde por cerca de 30% das mortes pela doença e por 70% das mortes por câncer de pulmão em todo o mundo.

Fonte: R7