Imagem & Vida inaugura Centro de Estudos e apresenta tecnologia avançada para resguardar a saúde da gestante e do feto

Dezenas de médicos se reuniram na Associação Médica de Brasília (AMBr) para conhecer o que existe mais preciso no diagnóstico por imagens. A iniciativa, da clínica Imagem & Vida, foi a abertura de um Centro de Estudos de troca de informações sobre casos clínicos para resguardar a saúde da gestante e do feto.

No evento foi destacado o primeiro teste 100% não invasivo de avaliação da maturidade pulmonar fetal. Chamado de Quantus FLM, o teste permite uma análise de uma imagem de ultrassom com resultados fidedignos. Funciona como um aplicativo web que permite que o médico faça um  upload das imagens de ultrassom para a análise automática e revisão. O tempo do resultado é um atrativo à parte: em poucos minutos os dados são enviados.

O diretor da Imagem & Vida, Evaldo Trajano Filho explicou que lançar o Centro de Estudos da clínica surgiu através de uma ideia do corpo clínico, de fomentar as evidências científicas para a troca de informações. “O objetivo é que possamos passar e receber conhecimentos e, consequentemente, evoluir em todos os quesitos em prol das pacientes”, disse.

Sobre a nova tecnologia Quantus, Evaldo Trajano é entusiasta à adesão dos especialistas. “A função dela é embasar o médico para uma planificação clínica, para que decida com aquela informação, se é o momento de interromper a gestação ou se pode segurar um pouco, obviamente com a proteção da  mãe e o bebê”, destacou.

O cardiologista pediátrico Jorge Yussef Afiune destacou que o Centro de Estudos Imagem & Vida vai permitir o auxílio necessário para que os médicos tirem duvidas e apresentem estudos de casos para embasamento, quando houver a necessidade. “É uma oportunidade bem interessante, de engrandecimento”, afirmou.

Evaldo Trajano também esclareceu que a decisão de interrupção da gravidez é baseada no quadro clinico materno e fetal. “A Quantus é uma ferramenta de planejamento. Por exemplo, se eu tenho uma paciente que não tem uma indicação absoluta, mas de certa forma o parto é uma opção, a tecnologia pode ajudar. Do mesmo jeito, se existe uma situação em que o médico quer resolver, mas não consegue  por causa do bebê prematuro, têm-se uma indicação de segurar o parto”.

Sobre novos encontros do Centro de Estudos Imagem & Vida, Evaldo Trajano antecipa que este ano estão programados três eventos. As datas serão informadas no site da clínica e através de convite eletrônicos aos médicos parceiros que desejarem participar deste importante projeto.

Confira algumas fotos do lançamento do Centro de Estudos Imagem & Vida:

BLC_8609 BLC_8615BLC_8639BLC_8654BLC_8772BLC_8629BLC_8658BLC_8761

BLC_8646   BLC_8680  BLC_8763 BLC_8768 BLC_8776BLC_8770BLC_8732

 

Crédito fotos: Bruno Costa | Luan Comunicação