Como a família pode atuar na prevenção e no tratamento do usuário de drogas?

Ouça entrevista com presidenta da Associação Brasileira de Estudos do Álcool e Outras Drogas (ABEAD)

Cessar o uso de drogas com ajuda especializada e cuidar das famílias, é um desafio para milhares de brasileiros. Familiares de usuários de drogas também precisam de cuidado especializado. Diante do cenário desfavorável, alguns dos principais especialistas do país vão se reuniram na nesta sexta-feira (29), em Recife (PE), para um dia de debates e esclarecimentos sobre o assunto. Com o tema “Família e Drogas”, tem dentre os vários objetivos,  discutiram qual é o papel da família na prevenção e no tratamento do dependente.Para falar do assunto o Programa Revista Brasil entrevistou Ana Cecília Marques, presidenta da Associação Brasileira de Estudos do Álcool e Outras Drogas (ABEAD).

Durante a entrevista,  Ana Cecília Marques afirma que a família ainda esta presa a um conceito moral do consumo de drogas. Com isso, se perde tanto na sua intervenção dentro do próprio sistema familiar de como conversar com o jovem, de como cuidar dele para que ele tenha um modelo de proteção, como também no momento de procurar ajuda, complementa a presidenta da ABEAD.

Ouça a entrevista:

 

 

Fonte: EBC