Médicos do Instituto Onco-Vida participam do maior evento do mundo para o tratamento do câncer urológico

Milhares de especialistas se reunirão de 7 a 9 de janeiro em San Francisco, nos Estados Unidos, para debater os principais avanços no tratamento do câncer urológico, que afetam rins, bexiga, próstata e testículo. O evento, chamado Genitourinary Cancers Symposium – o maior no mundo da especialidade, tem como objetivo mostrar os mais recentes resultados de pesquisas e descobertas para a cura das doenças.

Dr. Fernando Sabino

 

Dr. Paulo Lages

 

“Trata-se de um evento onde serão apresentados os trabalhos de mais importância sobre o câncer urológico. É focado para médicos neste campo de atuação, oncológico e urológico, pois indica melhoras de tratamentos e principais mudanças”, afirma o oncologista-clínico Paulo Lages, do Instituto Onco-Vida, que junto com o oncologista Fernando Sabino, representará Brasília no importante encontro da especialidade.

Dr. Lages chama atenção para a estimativa do INCA, que prevê para este ano, 600 mil novos casos de câncer. “Vale destacar que dentre os principais que afetarão os brasileiros, está o câncer de próstata, doença que será amplamente abordada no Simpósio americano”, destaca.

Check-Up necessário – O oncologista Paulo Lages aproveita o evento da especialidade para mandar um recado para quem ainda não planejou o check-up anual. De acordo com ele, é neste período, de férias, no mês de janeiro, o momento ideal para a visita ao médico. “Através do screening, com a avaliação de risco de desenvolver a doença, com base no histórico familiar, é possível fazer o diagnóstico precoce, o que é essencial para as chances de cura dos canceres”, afirma.

Dentre os cânceres que têm acometido os homens, e muitas vezes são assintomáticos, Paulo Lages reforça a importância do autoexame dos testículos. “O câncer de testículos afeta homens de 20 a 45 anos. Por isso, a necessidade de o homem avaliar se existe nódulos nessa região, que muitas vezes são indolores, mas que podem sinalizar a doença. Qualquer alteração, o médico deve ser procurado com urgência”, diz.

Paulo Lages lembra que o Instituto Onco-Vida dispõe de um ambulatório específico de onco-prevenção. “Nesse espaço inovador de saúde existe todo um protocolo de rastreio de cânceres com especialistas em suas áreas de atuação. Quanto mais cedo o diagnóstico, melhores as chances de cura”, finaliza o oncologista.