A importância da consulta com o urologista

diogoChamar a atenção dos homens para a visita regular ao médico, para não levar sustos mais tarde, faz parte da rotina do Dr. Diogo Mendes. Lembra-se daquela velha máxima: melhor prevenir do que remediar? “Os avanços da medicina foram significativos, mas só podem favorecer àqueles que fazem exames com periodicidade e antes de sentirem que a saúde está numa situação que requer ajuda”, ressalta o urologista.

Para cuidar melhor de sua saúde, conheça os 6 exames de rotina que os homens devem fazer:

Exame de próstata

O que é: é feito o chamado toque retal, em que o médico verifica o tamanho dessa glândula. Também pode ser indicado o PSA, exame de sangue que mede uma substância produzida por células da próstata, cuja elevação pode significar problemas à vista.

O que detecta: aumento da próstata e câncer .

Quando fazer: após os 40 anos de idade, com periodicidade definida por seu urologista.

Colonoscopia

O que é: um tubo ótico filma e analisa toda a mucosa intestinal, verificando se há alterações ou feridas.

O que detecta: câncer no reto ou intestino grosso.

Quando fazer: a partir dos 50 anos, a cada 5 anos se estiver tudo bem, a cada 2 anos se mostrar alterações.

Autoexame testicular

O que é: esse é um tipo de autoexame que o homem faz durante o banho mesmo, apalpando o testículo e conferindo se não há nada de diferente, exatamente como as mulheres devem fazer com as mamas.

O que detecta: câncer no testículo

Quando fazer: como se trata de uma prática de autocuidado, todos os dias, a partir dos 15 anos.

Exames de sangue

O que é: coleta sanguínea que irá medir a quantidade de: glicose, perfil lipídico (colesterol e triglicerídeos), ácido úrico, creatinina e o hemograma completo e, em alguns casos, os níveis de testosterona.

O que detecta: problemas como gota, diabetes, colesterol ou triglicérides altos, hipogonadismo (se já houver sintomas), entre outros.

Quando fazer: anualmente, a partir dos 20 anos.

Exame de urina

O que é: coleta da urina para pesquisa de elementos anormais e/ou presença de sedimentos.

O que detecta: doenças nos rins, como cálculo renal, e até mesmo indícios de diabetes e hemorragias.

Quando fazer: a partir dos 20 anos, anualmente.

Exames cardiovasculares

O que é: muitos homens com disfunção erétil podem apresentar hipertensão, portanto incluem a aferição da pressão, teste ergométrico, ecocardiograma, assim como o exame de ultrassom do coração.

O que detecta: doenças cardíacas como a hipertensão ou algum tipo de arritmia.

Quando fazer: a partir dos 40 anos, se houver suspeitas.