Brasil terá 1,2 milhão de novos casos de câncer até 2019

Pesquisa divulgada pelo Instituto Nacional do Câncer (Inca), aponta que 1,2 milhão de novos casos da doença devem surgir no Brasil entre 2018 e 2019. Só neste ano, a estimativa é que surjam 582 mil novos casos – 300 mil em homens e 282 mil em mulheres.

Se esses casos não forem levados em consideração, de acordo com o estudo, as mulheres brasileiras terão como tipos de câncer mais incidentes o de mama, com 59 mil casos, o de intestino com quase 19 mil e o de colo de útero, com 16 mil.

O câncer de pele não melanoma, apesar de considerado o menos letal, deve ter cerca de 165 mil novos casos diagnosticados por ano. Para a oncolohematologista Nádia Misael, a cultura do brasileiro é relevante nesse aumento. “Sabemos que estamos em pleno verão e as pessoas deixam de proteger a pele como deveriam. É necessário ter mais consciência do período de exposição ao sol e o uso de protetor solar”, diz a médica da clínica Oncotek, em Brasília.

Ainda, segundo o estudo, em cada 10 casos, três estão relacionados ao estilo de vida que as pessoas levam. Por isso a Dra. Nádia Misael enfatiza que cerca de um terço dos tipos de câncer podem ser evitados. “Apesar de o cigarro estar caindo na população, ele tem sido substituído pelo narguilé, que também é associado ao câncer de pulmão”, alerta a especialista para que os jovens evitem o uso.

No que se refere ao câncer no trato digestivo, a oncologista explica que, no geral, está ligado ao consumo excessivo de alimentos industrializados. “O problema desses alimentos é que duram no mercado meses, e, para ter essa vida longa, são adicionados conservantes que têm relação com o câncer”. Entram na lista os embutidos e enlatados.

Confira os cânceres de maior incidência:

Nas mulheres:

  • câncer de mama
  • intestino
  • colo do útero
  • pulmão
  • glândula tireoide

Nos homens:

  • próstata
  • pulmão
  • intestino
  • estômago
  • cavidade oral