Médicos se reúnem em Brasília para criar estratégias de prevenção e tratamento de doenças cardiovasculares nas mulheres

O evento acontece nos dias 12 e 13 de abril na Associação Médica de Brasília (AMBr), onde serão apresentadas as principais evidências científicas para o tratamento de doenças no coração, exclusivas ao público feminino

No Brasil, a cada 11 minutos, estima-se que uma mulher morra de infarto. Os dados são Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC-DF) que, em parceria com a Associação Médica de Brasília (AMBr), promove, na próxima sexta-feira e sábado, 12 e 13 de abril, um ciclo de palestras com o tema “Doença Cardiovascular na Mulher”.

A atividade será na sede AMBr e faz parte do Programa de Educação Continuada da Associação. Tem o objetivo de criar estratégias e discutir soluções para um atendimento integral da mulher, visando minimizar os casos de morte relacionados ao coração.

Com ênfase para uma conduta precoce de avaliação e tratamentos eficazes, a programação científica se estende a pontos de vista sobre menopausa, com abordagem ginecológica, endocrinológica e de cardiologia. Também serão discutidos os riscos de terapia de reposição hormonal, com suas indicações, esquemas terapêuticos e duração do tratamento.

No debate também serão disseminadas informações sobre o uso da testosterona na menopausa com possível risco cardiovascular, a assistência à mulher diabética, tromboembolismo pulmonar na gestante, arritmias e insuficiência cardíaca na gestação, diabetes gestacional, dentre outros. O evento de atualização profissional é voltado para médicos, estudantes de medicina e profissionais de saúde.

:: Serviço

PEC “Doença Cardiovascular na Mulher”

12 de 13 de abril (Sexta-feira à noite e sábado no período da manhã)

Associação Médica de Brasília (AMBr) | Setor de Clubes Esportivos Sul | Trecho 3

Inscrições e programação científica: www.pecambr.com.br